Kaspersky Lab, Interpol e Europol assinam protocolo para combater o cibercrime

O acordo assinado entre a empresa russa e as agências de segurança pressupõe que a Kaspersky Lab forneça produtos, inteligência e apoio ao Interpol Global Complex for Innovation.

 A Interpol assinou um acordo com a Kaspersky Lab de forma a estender a cooperação que já existe entre as duas entidades na luta contra o cibercrime. A Interpol e a Europol já têm um memorando de entendimento no combate a esta ameaça que também vai recolher benefícios do acordo agora assinado com a empresa russa.

O entendimento pressupõe que a Kaspersky Lab forneça produtos, inteligência e apoio ao recém-criado laboratório forense que a Interpol tem em Singapura. Um exemplo é a deslocalização de um dos melhores analistas de malware da Kaspersky Lab para esse Interpol Global Complex for Innovation.

A empresa russa também se compromete a dar formação em análise forense digital e em malware.

Para Ronald Noble, secretário-geral da Interpol, a natureza dos ciberataques muda de forma tão rápida e complexa que “é essencial que as forças de segurança colaborem com os mais variados setores para conseguirem combater eficazmente o cibercrime e melhorar a segurança digital”. Declarações no comunicado de imprensa oficial que relata a parceria agora assinada.




E.I
Tags: Kaspersky Lab, Interpol e Europol assinam protocolo para combater o cibercrime